A importância do consumo de cereais para emagrecer

Parece que foi hoje que descobrimos a importância de levar uma vida saudável, e todo dia jornais, revistas, internet e TV nos lembra disso. E para que isso ocorra devemos começar com uma alimentação saudável, mas como tudo isso é novo para todos nós a cada dia os cientistas descobrem benefícios e malefícios de diversos alimentos como ovos, vinho, cerveja, cereais, proteínas, carboidratos e muitos outros. E um dos mais conhecidos por seus benefícios são os cereais.

Cereais são as plantas cultivadas por frutos comestíveis, normalmente chamados grãos e são na maior parte gramíneas, inacreditavelmente a família dos cereais tem mais de 6 mil espécies. Eles fazem parte da nossa dieta pois nos fornece bastante caloria, que naturalmente é transformada em energia para nosso corpo, e são produzidos pelo mundo todo de acordo com o clima local.

É comprovado que o consumo regular de cereais integrais pode reduzir o risco de doença coronária, ajudar na cura de diversas doenças, reduz o colesterol, melhorar a produção de insulina, reduzir o risco de câncer e ajudar no bom funcionamento intestinal,  pois ele contém a vitamina E, vitaminas do complexo B e minerais como o selênio, zinco, cobre, ferro, magnésio e fósforo. Mas o grande problema é que apesar de consumirmos muitos tipos de cereais, nós utilizamos eles refinados, e a parte mais importante de um grão é a sua casca. Durante o processo de refinamento a parte exterior do grão é removida, conservando apenas o endosperma, composto principalmente de amido e ele nos ajuda somente a engordar.

A partir dessa explicação, agora sabemos a importância do consumo do cereal integral. E para que um grão seja integral ele deve estar completo, com três camadas: o farelo (conhecido como casca), o endosperma (miolo do grão rico em amido), e o gérmen (semente). Entre esses cerais os mais interessantes para uma dieta saudável são: Aveia, centeio, arroz, cevada, trigo, milhete, quinua, painço, Amaranto e triticale.

Escreva seu Comentário